Quinta, 29 de Julho de 2021 06:39
(42) 99938-8770
Geral Região

O que os prefeitos eleitos de Carambeí, Castro e Palmeira pensam para o agro?

Estradas rurais, escolha dos novos secretários, fortalecimento da agricultura familiar, melhoria nas vendas de produtos do campo e novos projetos estão entre os itens citados

27/11/2020 16h00
319
Por: Redação Fonte: Campos Gerais Rural
O que os prefeitos eleitos de Carambeí, Castro e Palmeira pensam para o agro?

A partir de 2021, todas as cidades do Brasil contarão com uma nova gestão municipal. O primeiro turno das eleições para prefeito e vereadores ocorreram no dia 15 de novembro e as cidades com menos de 200 mil eleitores já conheceram seus novos representantes. É o caso das cidades da região dos Campos Gerais, com exceção de Ponta Grossa que, com o segundo turno, a nova prefeita será conhecida somente neste próximo domingo (29).

Carambeí, Castro e Palmeira são exemplos de municípios que já tiveram seus representantes municipais eleitos. Carambeí, por exemplo, elegeu Elisangela Pedroso (PSB), com 45% dos votos. Elisangela tem 39 anos e é pedagoga. Seu vice é Jeverson (PDT). A mulher concorreu com mais quatro candidatos. O prefeito eleito de Castro foi Moacyr Fadel (Patriota), com 67% dos votos. O homem tem 50 anos e é agricultor. Seu vice é Álvaro Telles (PSL).  Já em Palmeira, o eleito foi Sergio Belich (DEM), com 46,8% dos votos. Sergio tem 51 anos e é administrador. O vice é Major Schulli (PP). A chapa vencedora concorreu com mais quatro na cidade.

Reconhecendo a importância do agro e o potencial produtivo da região, o Campos Gerais Rural questionou os prefeitos eleitos dessas cidades sobre os planos para o setor para os próximos quatro anos. As perguntas foram: Quais os planos para fortalecer o agronegócio?  Quais as principais propostas e projetos para o fortalecimento da agricultura familiar? Na tua visão, quais as principais carências atuais no setor agrícola do município e como pretende atuar para melhorar essas situações? O que será levado em consideração para escolher o novo secretário ou secretária de agricultura do município? E as respostas a respeito dos planos e propostas podem ser conferidas abaixo.

 

Elisangela Pedroso - Carambeí:

A agropecuária é a principal vocação do município, seja com a produção de grãos, seja na pecuária de leite. Somos a terceira cidade que mais produz leite no país, mas o município não contou com uma secretaria voltada para esse setor. O primeiro passo será a implantação desta pasta.  

Vamos buscar parceria pública privada com a Cooperativa Frísia, uma das mais renomadas cooperativas do Brasil, o que é um imenso orgulho para Carambeí.

Vamos priorizar a manutenção de estradas rurais em condições transitáveis para otimizar a retirada de toda a produção. Dar assistência aos pequenos produtores do município que, muitas vezes, com dificuldade escoam suas produções por não disporem de maquinários. É por isso que vamos reestruturar a existente associação de pequenos produtores, por exemplo, com a devida administração e manutenção dos maquinários para aquele produtor que precisa pagar altos valores de serviços.

Vamos buscar parcerias com órgãos estaduais para a realização de programas estaduais/ municipais com cursos, assistência técnica para integrar a agricultura familiar, promovendo o desenvolvimento, melhorando a produção e ampliando a fonte de renda no campo, nas atividades de agricultura, pecuária, indústria caseiras de alimentos, artesanato, alimentação e nutrição, saneamento e preservação ambiental.

 

Moacyr Fadel - Castro:

O nosso caminho principal é manter as estradas boas para permitir o escoamento da safra. Vamos criar a Secretaria de Agricultura e desmembrar a pasta da Secretaria do Interior, onde ela se encaixa atualmente. Vamos criar uma equipe de assistência técnica, que é uma das principais carências hoje em dia, para que o produtor aumente sua produtividade e viabilize os pequenos negócios através do fornecimento de alimentos para a merenda escolar e de um centro de comercialização. Isso para que os agricultores possam ter não só uma alta produtividade, mas também um bom preço na comercialização e melhorar a lucratividade.

Além de vários projetos, como a ‘Casa sem Poeira’, que atenderá a comunidade rural que tiver mais de três ou quatro casas, com a implantação de pedras irregulares na frente dessas casas, a fim de melhorar saúde e qualidade de vida desses produtores. Temos também o projeto ‘Porteira para dentro’, que será inédito. Vamos disponibilizar equipamentos para ajudar os produtores com a manutenção das estradas de suas propriedades.

Queremos implantar ovos tanques para piscicultura, pois há a intenção de se investir na produção de tilápia. Tentaremos diversificar a pequena propriedade, para que os produtores possam aumentar a renda e, assim, os motivar para que se fixem no campo

Sobre o novo secretário: não tenho compromisso com nenhum partido, temos compromisso com o povo e os produtores. Pretendo nomear uma pessoa da minha confiança, que entenda do assunto, para que possa executar os serviços pensados. Ainda não tenho nomes, mas escolherei com calma para que possa ter sucesso na nossa empreitada.

 

Sérgio Belich - Palmeira:

Nossas pretensões são: melhorar as condições das estradas rurais, fortalecer o agronegócio no município, principalmente com relação ao fortalecimento dos pequenos e médios agricultores e agricultura familiar. Buscar parcerias e novos negócios para este setor, que sofre demais por ser pequeno, e não ter onde colocar seus produtos. Viabilizar e agregar mais valor aos produtos aqui produzidos. 

Queremos também trazer uma empresa que possa agregar valor aos produtos produzidos em Palmeira, exemplo: esmagadora de soja e fábrica de ração. Fortalecer os pequenos agricultores, através de diálogo e escutar suas necessidades e demandas. Buscar novas opções de produtos e parcerias com empresas que garantam a compra de produtos produzidos pela agricultura familiar. Diversificar a produção e dar mais oportunidade aos pequenos produtores rurais.

As estradas rurais são o nosso maior problema, por isso, pretendemos ouvir mais as pessoas ligadas ao setor, para dar o apoio necessário ao que precisam. Temos vários criadores de raças puras em Palmeira e eles não são valorizados. Muitos pequenos empresários do setor não são ouvidos e valorizados.

A escolha do novo secretário será baseada em capacidade, competência, honestidade, pessoa com diálogo fácil, e vontade de fazer acontecer.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias