Terça, 24 de Novembro de 2020 05:40
(42) 99933-8602
Dólar comercial R$ 5,43 0.88%
Euro R$ 6,43 +0.77%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.68%
Bitcoin R$ 106.495,98 +0.435%
Bovespa 107.378,92 pontos +1.26%
Agronegócios Apicultura

Cidades dos Campos Gerais contribuem para Paraná se tornar maior produtor de mel do Brasil

Ortigueira e Arapoti estão entre os três principais municípios brasileiros na prática da apicultura

16/11/2020 15h50
124
Por: Redação Fonte: Campos Gerais Rural
Cidades dos Campos Gerais contribuem para Paraná se tornar maior produtor de mel do Brasil

Duas cidades da região dos Campos Gerais foram responsáveis por alavancar o crescimento da produção de mel no Paraná e possibilitar que o estado se tornasse o mais participativo na apicultura nacional. Os municípios que puxaram os bons resultados são Ortigueira e Arapoti.

De acordo com a Pesquisa Pecuária Municipal (PPM), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), essas duas cidades lideram também o ranking nacional, com Ortigueira produzindo 795 toneladas de mel em 2019 e ocupando a primeira colocação; e Arapoti na terceira posição.

Conforme a PPM, o Paraná tem 15,7% de participação na produção de mel. Rio Grande do Sul segue logo em seguida, com 13,6%. Até 2018, o ranking era invertido, com o estado gaúcho liderando o ranking de produtividade.

 De 2015 a 2019, o Paraná cresceu 15% na produção de mel. No ano passado, cerca de 7.229 toneladas do produto foram produzidas no estado, rendendo R$ 7,2 bilhões aos apicultores. De 2018 para 2019, o índice cresceu 14,6%, segundo os dados coletados pelo Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab).

No Brasil a prática da apicultura é marcada pela exploração econômica da abelha do gênero Apis e espécie A. melífera.

Como o mel é produzido pelas abelhas?

A fabricação do mel inicia quando as abelhas operárias coletam o néctar das flores. Quando elas voltam para a colmeia, já durante o transporte, o néctar começa a ser transformado em mel, pela ação de duas glândulas que produzem a invertase e a glicose oxidase. A invertase faz o açúcar do néctar se transformar em glicose e em frutose.  Já a glicose oxidase torna uma quantidade de glicose em ácido glicônica, fazendo com que o mel fique ácido, protegendo-o de bactérias.

Vários fatores podem influenciar na produção de mel, como a temperatura, as chuvas, o vento, altitude, o espaço disponível, a qualidade genética e o próprio manejo das colmeias. Por isso, o ideal é conhecer técnicas de manejo para a produção de mel. O Sebrae elencou algumas dicas. Confira aqui.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sobre o município
Ponta Grossa - PR
Atualizado às 05h26 - Fonte: Climatempo
14°
Poucas nuvens

Mín. 14° Máx. 28°

14° Sensação
17.2 km/h Vento
93.1% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (25/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Quinta (26/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias