Domingo, 25 de Outubro de 2020 14:30
(42) 99933-8602
Dólar comercial R$ 5,63 0.59%
Euro R$ 6,68 +0.97%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.43%
Bitcoin R$ 77.613,01 +0.893%
Bovespa 101.259,75 pontos -0.65%
Agronegócios Ceasa

Cebola, batata e alface ficam mais baratas na Ceasa de Curitiba, indica Conab

Cebola, batata e alface ficam mais baratas na Ceasa de Curitiba, indica Conab

17/09/2020 17h25 Atualizada há 1 mês
294
Por: Vanessa
Cebola, batata e alface ficam mais baratas na Ceasa de Curitiba, indica Conab

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou nesta quinta-feira (17) a edição de Setembro de 2020 do Boletim Hortigranjeiro. A pesquisa desenvolvida indica a diminuição de preços na cebola, batata e alface no mês de agosto na Ceasa de Curitiba, unidade que também atende a região dos Campos Gerais.

 


De acordo com o boletim, a alface teve uma diminuição de preço de 17,8% entre julho e agosto. O preço médio da hortaliça ficou em R$ 1,80 e foi esse valor que fez com que a capital do Paraná registrasse a maior queda dos preços de um mês para o outro, dentre as cidades analisadas para o estudo, que incluem também Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Vitória (ES), Goiânia (GO), Brasília (DF), Fortaleza (CE) e Recife (PE).

 


Conforme a Conab, a diminuição de preço da alface pode ser explicada pela intensidade da oferta. “No mês de agosto, ocorreram eventos climáticos atípicos para o período, como baixas temperaturas, que afetaram tanto a oferta como a demanda pelas folhosas, em especial pela alface”, ressalta a publicação.

 


A previsão da Conab é a de que nos próximos meses, com o aumento da temperatura e a retomada gradual do comércio, haja um aumento da demanda e os preços podem sofrer altas.

 


Já com relação à batata, foi observada uma queda de 12% nos preços da Ceasa de Curitiba entre julho e agosto, fixando uma média de R$ 1,68 por quilo comercializado. Nesse caso, segundo a Conab, a queda ficou relacionada a uma menor demanda e a pouca procura favorece uma maior oferta nos mercados.

 


Com a cebola não foi diferente, pela oferta ser maior do que a demanda, o preço caiu em 40% em agosto, comparado a julho do mesmo ano. “Mais uma queda de preço da cebola foi observada, em agosto, nos mercados atacadistas. Esse movimento vem ocorrendo desde junho, em decorrência de um aumento significativo das quantidades ofertadas nas Ceasas brasileiras. Aliado a isso, a redução de preço é consequência da pulverização da produção nesta época”, afirma o boletim divulgado pela Conab.

 


O tomate e a cenoura também foram alvo de análises pelo órgão, porém, ambos apresentaram aumento nos preços, comparados ao mês anterior. O tomate subiu quase 3%, com um preço médio a R$ 2,41, e a cenoura apresentou um aumento 25%, com o preço médio por quilo de R$ 1,31. O boletim completo você confere aqui.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ponta Grossa - PR
Atualizado às 14h10 - Fonte: Climatempo
23°
Pancada de chuva

Mín. 18° Máx. 24°

23° Sensação
6 km/h Vento
43.5% Umidade do ar
90% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (26/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 25°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Terça (27/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 27°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Ele1 - Criar site de notícias