Quarta, 21 de Outubro de 2020 04:54
(42) 99933-8602
Tecnologia Gafanhoto

Como a utilização de drone pode combater nuvens de gafanhotos?

Com a chegada do frio e da chuva ao Rio Grande do Sul, a nuvem de gafanhotos não avançou e segue sobre a região de Corrientes, na Argentina

29/06/2020 21h02 Atualizada há 4 semanas
728
Por: Redação Fonte: Agrolink
Como a utilização de drone pode combater nuvens de gafanhotos?

Com a chegada do frio e da chuva ao Rio Grande do Sul, a nuvem de gafanhotos não avançou e segue sobre a região de Corrientes, na Argentina. 

 

Por lá, o clima também é adverso para os insetos, mesmo assim o Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) realizou aplicação de agrotóxicos na área onde os insetos estavam. Por via aérea e terrestre, as ações conseguiram reduzir em 20% a nuvem. Mesmo assim, a fronteira segue sendo monitorada.

 

Como medida preventiva no Brasil, a empresa catarinense Agrize colocou seus drones à disposição do Ministério da Agricultura brasileiro caso a praga chegue ao país. Para o combate aéreo, é recomendado identificar os pontos de reprodução dos gafanhotos, fazendo o monitoramento para depois iniciar o controle químico nas fases iniciais da praga. 

 

De hábitos alimentares noturnos, os gafanhotos podem instalar-se em uma região para se alimentar, possibilitando a contenção do grupo e da reprodução. “As pulverizações aéreas por drones podem ser realizadas em pontos específicos onde houver maior concentração dos insetos, reduzindo riscos e aumentando eficiência de controle” diz Gustavo Bachmann, engenheiro agrônomo e piloto. 

 

As aeronaves remotamente pilotadas têm a capacidade de realizar operações mesmo durante a noite, pois contam com tecnologia capaz de detectar as variações do solo e desviar de obstáculos de forma automática. Além disso, os drones são equipados com lanternas que auxiliam os operadores no controle do campo de visão.

 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias