Quarta, 21 de Outubro de 2020 05:01
(42) 99933-8602
Dólar comercial R$ 5,61 0.12%
Euro R$ 6,63 +0.48%
Peso Argentino R$ 0,07 +0.06%
Bitcoin R$ 72.416,92 +2.028%
Bovespa 100.539,83 pontos +1.91%
Agronegócios Surtos

Surtos de peste suína africana chegam a 7.123 no mundo

Surtos de peste suína africana chegam a 7.123 no mundo

16/06/2020 20h23 Atualizada há 4 meses
16
Por: Vanessa
Surtos de peste suína africana chegam a 7.123 no mundo

No período entre os dias 27 de maio e 11 de junho, 554 novos surtos de Peste Suína Africana (PSA) foram notificados no mundo. O total de surtos contínuos de PSA no mundo é agora 7.123 (incluindo 3.466 na Romênia e 1.703 surtos no Vietnã),  afirmou nesta terça-feira, 16, a Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) em relatório.

No relatório anterior, 498 surtos foram notificados como novos, enquanto 7.116 surtos estavam em andamento.

Impacto da doença

Um total de 10.319 animais foram notificados como perdas. A Ásia notificou 10.056 perdas; a China registrou 10.029 porcos domésticos perdidos pela doença, enquanto Mianmar notificou nove, e a porção européia da Rússia, 18. Na Europa, a Bulgária notificou 105 perdas a Romênia 95, e a Ucrânia, 63. Não foram relatadas novas perdas na África neste período.

Mudanças na situação epidemiológica

24 países/territórios notificaram surtos novos ou em andamento por meio de notificações imediatas e relatórios de acompanhamento, 10 na Europa (Bulgária, Grécia, Hungria, Letônia, Moldávia, Polônia, Romênia, Rússia, Sérvia e Ucrânia); 11 na Ásia (China, India, Indonésia, Coréia do Sul, Coréia do Norte, Laos, Mianmar, Papua Nova Guiné, Filipinas, Timor-Leste e Vietnã) e três na África (Costa do Marfim, Namíbia e África do Sul).

Ásia

A China notificou dois novos surtos doença em duas províncias, uma em Yunnan e outra em Gansu. A Coreia do Sul registrou quatro novos surtos que afetavam javalis. Mianmar notificou a recorrência da doença no estado de Shan, enquanto a Rússia notificou um surto.

Europa

Foram notificados 546 surtos: 16 em suínos. Romênia (14), Ucrânia (1) e Bulgária (1) e 530 em javalis selvagens (na Hungria, Letônia, Polônia, Romênia e Rússia). Na região, um programa de vigilância direcionado continua.

Com informações do Canal Rural.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias